6 estratégias de crowdfunding para dar uma mãozinha em seu financiamento de sucesso

As plataformas de crowdfunding evoluíram e têm transformado cada vez mais ideias em realidade. Graças aos financiamentos coletivos, muitas pessoas podem visualizar seus produtos, serviços, conteúdo ou causas ganhando valor no meio online e ampliando suas audiências.

Para alcançar esse sucesso, são necessárias algumas estratégias infalíveis. Por isso, separamos algumas dicas para você receber umas mãozinhas a mais em seu projeto de crowdfunding.

 

Crie um site

É importante disseminar sua ideia antes de iniciar uma campanha. Lançar um site para centralizar as informações sobre o seu conteúdo é a melhor estratégia de marketing para começar um projeto. E para quem está desesperado pensando no trabalhão que deve ser desenvolver algo super elaborado, pode ficar sossegado! Uma página simples é o suficiente para despertar a confiança dos futuros colaboradores. Uma dica aos iniciantes é: crie seu site 3 ou 4 meses antes de iniciar seu projeto de crowdfunding. Enquanto isso, produza anúncios no Facebook para aumentar a base de conhecimento sobre a sua marca. Dessa forma, você terá uma boa ideia sobre o engajamento dos colaboradores com seu projeto no dia do lançamento.

 

Prepare uma ótima narrativa

Crowdfunding não é apenas uma plataforma para vender ideias. Saber contar sua história para o mundo é imprescindível! Pessoas adoram conhecer a história por trás de cada conceito. Por isso é importante que você detalhe todas as informações que julgue importante ao colaborador que realizará uma contribuição mensal ou financiamento coletivo. Quem sabe não pedir uma mãozinha para aquele amigo que manja de redação, hein?!

 

Tem uma estratégia adequada de mídia social

A mídia social faz maravilhas! É uma das melhores de ganhar mais visibilidade, mesmo que possua um orçamento restrito. Publique uma ou duas vezes por semana antes de iniciar sua campanha. Depois aumente esses números, sempre mantendo a relevância nas postagens, claro! Se você não tem muito tempo para se dedicar a essa parte do processo, separe algumas horas na semana para agendar publicações nas redes sociais ou use plataformas como Buffer para gerenciar suas postagens. As plataformas indispensáveis ​​para quem decide fazer sua presença nas redes sociais são: Facebook, Twitter e Instagram.

 

Desenvolva elementos visuais

Lembra da ótima narrativa citada ali em cima? Isso não se limita apenas às palavras. Certifique-se de que as imagens também revelam a sua história de maneira atrativa ao seu público. Produzir um vídeo sobre seu projeto também é super válido e deixa seu projeto bem dinâmico. Vale lembrar que, tanto as fotos quanto os vídeos devem ter um bom equilíbrio entre o seu conteúdo e um toque pessoal que fará com que seus colaboradores se conectem a você em um nível pessoal. Isso garante alguns pontos de credibilidade.

 

Responda aos comentários

Se você tem um projeto de financiamento colaborativo e está constantemente atualizando suas informações na internet, é inevitável que receba comentários em seu perfil de crowdfunding, em seus canais de mídia social e e-mails. Responda cada um deles o mais breve possível, seja um feedback positivo, negativo ou mensagem neutra. É importante fazer com que seus colaboradores compreendam que você está bem engajado e preparado para transformar sua produção de conteúdo em um grande sucesso.

 

Destaque menções feitas pela imprensa

Já ouviu falar sobre o termo “clipping“? Como já citamos, informação é muito importante para o crowdfunding. Clipping é basicamente o ato de monitorar e selecionar matérias mais importantes sobre uma ação, marca ou pessoa física, sendo uma prática que aumenta a credibilidade do público. Destacar todas as menções de imprensa e parceiros em suas redes sociais, site e perfil de crowdfunding desperta o sentimento de confiança nas potenciais colaboradores que estão prestes a darem uma mãozinha ao seu projeto.

Com essas estratégias você estará mais perto de fazer do seu projeto um sucesso. Mas saiba que ter um projeto de financiamento colaborativo vitorioso não é o fim da história. É agora que começa a sua jornada. Bora encarar esse desafio?